Lindo"

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Evangelização Espírita Infantil - Aula Carnaval - 1º Ciclo


Aula: Carnaval – 1º Ciclo 
Faixa Etária: 9-10 anos

I – Prece
II – Colocar um cd com música calma. Pedir às crianças para fecharem os olhos e “sentirem” a música.
III - Pedir a cada Evangelizando que descreva o que sentiu.
IV – Conduzir as crianças para perceberem o que é vibração energética. Pedir que cada um feche os olhos, coloque as mãos + ou – há uns cinco cm à frente do umbigo, concentrem-se e digam o que sentiram nas mãos.
VI - Contar a seguinte estória:
Eduardo era um menino muito educado, obediente e amável. Tinha muitos amigos. Um dia Jorginho ligou para Eduardo e lhe convidou para brincar o carnaval na matinê infantil, na Ilha São João. Eduardo correu e pediu:
- Mamãe, deixe-me ir com o Jorginho na Ilha, brincar o carnaval.
Sua mamãe disse-lhe que não era uma boa idéia, mas Eduardo correu e implorou ao pai, que contradisse a mamãe dizendo não haver nada de mal em uma criança brincar o carnaval. Assim Eduardo seguiu todo alegre, com uma máscara de monstro no rosto, para brincar o carnaval com Jorginho.
Chegando à Ilha, o pai de Jorginho aproximou-se de uma barraca e logo pediu uma cerveja para ele e refrigerante para as crianças. Disse-lhes que podiam ir aproveitar a festa, mas que não se afastassem muito. A música estava muito alta. Embora fosse carnaval, o que mais tocava era funk. As meninas e meninos se esbaldavam, rebolando ate o chão.
Eduardo se sentiu alvoroçado, com muita vontade de dançar, mas estava envergonhado. Jorginho o chamou: Eduardo, esse é Roberto, amigo do meu irmão. Roberto estava com um copo na mão e ofereceu-o a Eduardo, dizendo:
- Você está muito parado, vamos, beba um gole.
Eduardo perguntou o que era aquilo, pois sabia que não podia tomar bebidas alcoólicas. Roberto o chamou de bebezinho, disse que aquilo não era muito alcoólico, era suco de fruta misturado só com um pouquinho de bebida. Jorginho pegou o copo de Roberto e deu um grande gole.
- Viu, seu bobo, não mata! E riu muito. Roberto, por sua vez, pressionava Eduardo a beber também, e Eduardo sentiu uma coisa muito estranha – foi como se uma voz dentro de sua cabeça falasse: _ beba, o que tem? Só um golinho não vai fazer mal, vamos, seu bobo, você vai ficar para trás?
Assim Eduardo pegou o copo e bebeu tudo. Começou a pular e dançar, muito alegre. Jorginho e Roberto chegaram várias vezes com mais bebida, que ele bebia quase sem perceber. Então um garoto que dançava a seu lado deu-lhe um encontrão. Roberto encheu-se de fúria e deu um soco no menino. Começou aquela confusão! Logo Roberto, tão educado e amável - ninguém entendeu a briga. Alguns meninos mais velhos separaram os brigões. Roberto, porém, começou a sentir sua cabeça rodar e seu estômago revirar. Logo, logo desmaiou. Teve que ser levado para o pronto-socorro e seus pais foram chamados. A bebida lhe fizera muito mal, tomou injeção, ficou no repouso e foi para casa só tarde da noite. Seu pai estava furioso e sua mãe muito, muito triste.
VII. Dizer, nesse ponto, que irá parar a estória para mostrar algumas figuras aos Evangelizandos. Mostrar as figuras do Anexo (imprimir em tamanho A4 cada uma, sugiro plastificar para aproveitar em outras aulas).
VIII. Perguntar aos Evangelizandos:
a)      O que aconteceu com o Eduardo?
b)      Por que o comportamento dele mudou?
c)       O que vcs acham que era a “voz” que falava dentro da cabeça dele?
IX – Dizer aos Evangelizandos que a diversão é uma dádiva, compartilhar amor, alegria e paz com os amigos é muito bom, mas deve ser feito com responsabilidade, pois atraímos para nós companhias boas ou más, segundo nossos pensamentos e condutas.
X – Pedir na cozinha para entregar o lanche mais cedo, colocar uma música alegre e mostrar como é uma linda festa cristã.
XI – Encerramento e prece. 
Anexo - Gravuras


Obs.: Tanto a aula quanto a estória foram criadas por mim. As imagens foram copiadas da internet, se alguém souber o autor favor me avisar para que eu possa lhes dar o devido  crédito. Autorizo a cópia e divulgação, desder que se observe a autoria e citação desse blog. 
Paz e luz, 
Laura

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...